Cuidados Visuais


Centro Diagnóstico da Visão

O Centro Diagnóstico da Visão representa os Serviços de cuidados visuais da Realvisão, diferenciando-se por não serem do âmbito comercial mas sim dos cuidados primários da saúde visual. Recorrer aos nossos cuidados de saúde visual não significa que tenha que adquirir algum produto. É importante que tenha a noção de que a sua visão é para nós muito mais importante do que uma simples venda. Pretendemos que nos veja sempre com bons olhos e que nos sinta como o seu Óptico de Família.

No Centro Diagnóstico da Visão temos ao seu dispor, de segunda a sábado, consultas de Optometria, Contactologia (básica e avançada), Terapia Visual, Baixa Visão e Exames Complementares de Diagnóstico entre outros. Os nossos especialistas na área da visão são Optometristas, com formação superior, que ao longo da sua experiência profissional se têm dedicado em melhorar as suas competências por forma a prestar cuidados primários de saúde visual com o rigor que a sua visão exige.

Numa concepção actual, a Optometria é uma ciência que detecta, analisa e compensa problemas visuais de natureza refractiva, funcional, binocular, com o propósito de prescrever lentes compensadoras, ajudas visuais (lupas, telescópios, etc.), treino e/ou reabilitação visual.

A Optometria é uma profissão fundamental nas sociedades modernas no que respeita à intervenção preventiva na área da saúde visual. É uma profissão dos cuidados primários da saúde visual que se pretende autónoma e autorregulada (in www.aplo.pt/SobreaOptometria/QuefazumOptometrista.aspx em 6.11.2018), apesar de ainda não o ser no nosso país.

Nas nossas consultas de optometria a sua saúde ocular e a sua visão são avaliadas com várias técnicas e sofisticados equipamentos pelos nossos optometristas. Numa primeira abordagem é feito um questionário pormenorizado a fim de obter a maior quantidade de informação possível sobre a queixa principal, a sua saúde geral, os seus hábitos e exigências visuais, entre outros.

É dever do optometrista analisar o estado da saúde ocular dos seus pacientes de forma a detectar qualquer alteração que possa estar na origem dos sintomas que o/a paciente apresenta. Técnicas como a oftalmoscopia, a biomicroscopia e a tonometria, usadas nos nossos consultórios, permitem uma análise cuidada da saúde ocular dos nossos pacientes. As alterações da saúde ocular devem ser tratadas pelo especialista em oftalmologia pelo que, caso se verifiquem, o/a paciente é encaminhado(a) para que seja devidamente diagnosticado(a) e tratado(a).

Se o estado da saúde ocular se apresentar dentro dos limites normais, o optometrista é o profissional da visão que melhor pode solucionar os problemas visuais. Para tal dispomos do conhecimento necessário e suficiente que, aplicado com o auxilio da mais moderna tecnologia, nos permite prestar um serviço de cuidados visuais de excelência.

Avaliar a acuidade visual e o seu restabelecimento através de correções ópticas, a visão binocular e a capacidade do seu desempenho nas tarefas diárias, programando terapias específicas caso esta não se encontre dentro dos parâmetros normais, a visão das cores, dos campos de visão, fazem parte dos procedimentos que os nossos optometristas fazem diariamente a quem recorre aos seus serviços.

Optometria Realvisão Institutoptico Vila Real Alijó

Os exames complementares de diagnóstico têm como finalidade auxiliar a um diagnóstico mais preciso do problema visual do paciente. Na Realvisão são realizados vários exames complementares tais como:

Perimetria Estática Computadorizada

Estuda os campos visuais de forma a compreendermos melhor o trajecto da informação adquirida pela via visual desde a retina até ao córtex cerebral. Com ela podemos detectar problemas neurológicos assim como alterações da camada das fibras nervosas da retina.

Retinografia no rastreio da Retinopatia Diabética

Este exame não é mais do que uma fotografia aos fundos oculares. Feita a mesma ela é analisada com vários filtros de forma a ser possível detectar alterações na retina. No caso dos pacientes diabéticos os registos fotográficos são enviados para um centro de análise onde serão feitas análises algorítmicas complementadas por parecer clínico por forma a se detectar a existência de actividade da diabetes na retina. Esse centro emite um relatório que é entregue ao paciente que entregará ao seu médico de saúde familiar. Este exame deverá ser repetido anualmente.

Topografia da Córnea

A topografia da córnea é uma análise do relevo da córnea, estrutura transparente que se situa à frente da íris e que é o principal dioptro do olho (lente com mais graduação do olho). Este exame permite detectar alterações não identificáveis por outras técnicas menos precisas, tais como astigmatismos irregulares, queratocones e outras distrofias da córnea. É um exame muito importante na adaptação de lentes de contacto especiais, tais como semi-rígidas, esclerais ou semi-esclerais.

Tonometria

A tonometria consiste na medição da tensão ou pressão intraocular, um parâmetro induzido por acumulação de um líquido, o humor aquoso, dentro do globo ocular. Este liquido ao se acumular dentro do olho produz uma certa pressão nas estruturas que compõem o referido globo. A pressão intraocular acima de determinado valor pode ser um indicador de suspeita de glaucoma, uma doença do nervo óptico. Sempre que necessitar medimos a sua pressão intraocular de forma gratuita.

A contactologia é uma área dos cuidados visuais que se pratica na sequência do diagnóstico inicial. Abrangendo duas áreas importantes desses cuidados, ambas são uma consequência da avaliação inicial do optometrista ou do oftalmologista. São elas a contactologia com fins refractivos e a contactologia com fins terapêuticos. A primeira visa a correção dos problemas de visão por meio de lentes de contacto, que são dispositivos médicos colocados no olho com a graduação correcta, corrigindo exclusivamente o erro refractivo do paciente.

A contactologia com fins terapêuticos tem como finalidade a retenção no olho de fármacos necessários ao tratamento de uma dada patologia ocular ou na sequência de uma intervenção cirúrgica. Por norma não têm qualquer graduação ou esta não é relevante, colocando-se o fármaco no olho com a lente que o irá absorver e libertar lentamente.

Uma outra vertente da contactologia que é considerada Contactologia Avançada, é a Ortoqueratologia. Esta técnica permite a adaptação de lentes que eliminam temporariamente a miopia, sendo que o/a paciente não necessita de usá-las durante o dia mas apenas a dormir. Os nossos optometristas têm certificação internacional para fazer a adaptação deste tipo de lentes, muito utilizadas em desportistas, profissionais que trabalham em ambientes com muito pó e até mesmo em crianças, pois os estudos científicos mostram que esta técnica pode atrasar a evolução da miopia nas idades em que ela tende a se desenvolver mais, isto é, na infância tardia e na adolescência.

Contactologia Realvisão

A terapia visual é uma área de intervenção da optometria dedicada à avaliação e correção dos problemas da visão binocular. Pelo facto de termos dois olhos, é muito importante para um bom desempenho visual, que eles trabalhem conjuntamente de forma eficaz. Por vezes isso não acontece devido a alterações do desempenho muscular dos músculos responsáveis pelos movimentos do olho ou da sua focagem. Em consequência de tais alterações surgem sintomas como dores de cabeça, dificuldade de focagem ao perto, ou sinais como dificuldade de leitura, dificuldade na interpretação do que lemos e visão dupla, os quais necessitam de um correcto diagnóstico e consequentemente a elaboração de um programa de treino visual a fim de recuperar as capacidades normais da visão binocular.

Optometria Realvisão Institutoptico Vila Real Alijó
Optometria Realvisão Institutoptico Vila Real Alijó

Numa concepção actual, a Optometria é uma ciência que detecta, analisa e compensa problemas visuais de natureza refractiva, funcional, binocular, com o propósito de prescrever lentes compensadoras, ajudas visuais (lupas, telescópios, etc.), treino e/ou reabilitação visual.

A Optometria é uma profissão fundamental nas sociedades modernas no que respeita à intervenção preventiva na área da saúde visual. É uma profissão dos cuidados primários da saúde visual que se pretende autónoma e autorregulada (in www.aplo.pt/SobreaOptometria/QuefazumOptometrista.aspx em 6.11.2018), apesar de ainda não o ser no nosso país.

Nas nossas consultas de optometria a sua saúde ocular e a sua visão são avaliadas com várias técnicas e sofisticados equipamentos pelos nossos optometristas. Numa primeira abordagem é feito um questionário pormenorizado a fim de obter a maior quantidade de informação possível sobre a queixa principal, a sua saúde geral, os seus hábitos e exigências visuais, entre outros.

É dever do optometrista analisar o estado da saúde ocular dos seus pacientes de forma a detectar qualquer alteração que possa estar na origem dos sintomas que o/a paciente apresenta. Técnicas como a oftalmoscopia, a biomicroscopia e a tonometria, usadas nos nossos consultórios, permitem uma análise cuidada da saúde ocular dos nossos pacientes. As alterações da saúde ocular devem ser tratadas pelo especialista em oftalmologia pelo que, caso se verifiquem, o/a paciente é encaminhado(a) para que seja devidamente diagnosticado(a) e tratado(a).

Se o estado da saúde ocular se apresentar dentro dos limites normais, o optometrista é o profissional da visão que melhor pode solucionar os problemas visuais. Para tal dispomos do conhecimento necessário e suficiente que, aplicado com o auxilio da mais moderna tecnologia, nos permite prestar um serviço de cuidados visuais de excelência.

Avaliar a acuidade visual e o seu restabelecimento através de correções ópticas, a visão binocular e a capacidade do seu desempenho nas tarefas diárias, programando terapias específicas caso esta não se encontre dentro dos parâmetros normais, a visão das cores, dos campos de visão, fazem parte dos procedimentos que os nossos optometristas fazem diariamente a quem recorre aos seus serviços.

Os exames complementares de diagnóstico têm como finalidade auxiliar a um diagnóstico mais preciso do problema visual do paciente. Na Realvisão são realizados vários exames complementares tais como:

Perimetria Estática Computadorizada

Estuda os campos visuais de forma a compreendermos melhor o trajecto da informação adquirida pela via visual desde a retina até ao córtex cerebral. Com ela podemos detectar problemas neurológicos assim como alterações da camada das fibras nervosas da retina.

Retinografia no rastreio da Retinopatia Diabética

Este exame não é mais do que uma fotografia aos fundos oculares. Feita a mesma ela é analisada com vários filtros de forma a ser possível detectar alterações na retina. No caso dos pacientes diabéticos os registos fotográficos são enviados para um centro de análise onde serão feitas análises algorítmicas complementadas por parecer clínico por forma a se detectar a existência de actividade da diabetes na retina. Esse centro emite um relatório que é entregue ao paciente que entregará ao seu médico de saúde familiar. Este exame deverá ser repetido anualmente.

Topografia da Córnea

A topografia da córnea é uma análise do relevo da córnea, estrutura transparente que se situa à frente da íris e que é o principal dioptro do olho (lente com mais graduação do olho). Este exame permite detectar alterações não identificáveis por outras técnicas menos precisas, tais como astigmatismos irregulares, queratocones e outras distrofias da córnea. É um exame muito importante na adaptação de lentes de contacto especiais, tais como semi-rígidas, esclerais ou semi-esclerais.

Tonometria

A tonometria consiste na medição da tensão ou pressão intraocular, um parâmetro induzido por acumulação de um líquido, o humor aquoso, dentro do globo ocular. Este liquido ao se acumular dentro do olho produz uma certa pressão nas estruturas que compõem o referido globo. A pressão intraocular acima de determinado valor pode ser um indicador de suspeita de glaucoma, uma doença do nervo óptico. Sempre que necessitar medimos a sua pressão intraocular de forma gratuita.

Contactologia Realvisão

A contactologia é uma área dos cuidados visuais que se pratica na sequência do diagnóstico inicial. Abrangendo duas áreas importantes desses cuidados, ambas são uma consequência da avaliação inicial do optometrista ou do oftalmologista. São elas a contactologia com fins refractivos e a contactologia com fins terapêuticos. A primeira visa a correção dos problemas de visão por meio de lentes de contacto, que são dispositivos médicos colocados no olho com a graduação correcta, corrigindo exclusivamente o erro refractivo do paciente.

A contactologia com fins terapêuticos tem como finalidade a retenção no olho de fármacos necessários ao tratamento de uma dada patologia ocular ou na sequência de uma intervenção cirúrgica. Por norma não têm qualquer graduação ou esta não é relevante, colocando-se o fármaco no olho com a lente que o irá absorver e libertar lentamente.

Uma outra vertente da contactologia que é considerada Contactologia Avançada, é a Ortoqueratologia. Esta técnica permite a adaptação de lentes que eliminam temporariamente a miopia, sendo que o/a paciente não necessita de usá-las durante o dia mas apenas a dormir. Os nossos optometristas têm certificação internacional para fazer a adaptação deste tipo de lentes, muito utilizadas em desportistas, profissionais que trabalham em ambientes com muito pó e até mesmo em crianças, pois os estudos científicos mostram que esta técnica pode atrasar a evolução da miopia nas idades em que ela tende a se desenvolver mais, isto é, na infância tardia e na adolescência.

Optometria Realvisão Institutoptico Vila Real Alijó

A terapia visual é uma área de intervenção da optometria dedicada à avaliação e correção dos problemas da visão binocular. Pelo facto de termos dois olhos, é muito importante para um bom desempenho visual, que eles trabalhem conjuntamente de forma eficaz. Por vezes isso não acontece devido a alterações do desempenho muscular dos músculos responsáveis pelos movimentos do olho ou da sua focagem. Em consequência de tais alterações surgem sintomas como dores de cabeça, dificuldade de focagem ao perto, ou sinais como dificuldade de leitura, dificuldade na interpretação do que lemos e visão dupla, os quais necessitam de um correcto diagnóstico e consequentemente a elaboração de um programa de treino visual a fim de recuperar as capacidades normais da visão binocular.

Marque aqui a sua consulta!

Marcar Agora