O Glaucoma, sendo a segunda causa de cegueira no mundo, afecta segundo dados da OMS, entre 70 a 80 milhões de pessoas, e é a principal causa de cegueira irreversível em todo o mundo. É também conhecida como “o ladrão silencioso da visão” porque não apresenta nos seus estados mais precoces nenhum tipo de sintoma ou sinal.

Sendo o Glaucoma uma doença do nervo óptico, também conhecida por neuropatia óptica, é cada vez mais importante a observação e análise do mesmo, por forma a percebermos qual a evolução da doença. Com origem nas alterações da pressão intraocular induzidas por vários factores, há que ter alguns aspectos em consideração quanto à sua prevenção, principalmente depois dos 40 anos ou se tiver um histórico da doença na família.

A medição da pressão intraocular, na consulta de rotina com o seu optometrista ou oftalmologista, é o primeiro passo para a deteção da doença. A observação do Nervo Óptico, directamente ou por meio de exames complementares de diagnóstico como o HRT ou o OCT, a análise dos campos visuais por perimetria estática computadorizada e a avaliação do ângulo irido-corneano assim como a medição da espessura da córnea, são exames complementares fundamentais que ajudarão a perceber a origem da doença e melhor prever a evolução da mesma.

Na Realvisão, os Serviços Profissionais de Cuidados Primários de Saúde Visual dispõem desde o início de 2020, de um equipamento que vem complementar os já existentes para se fazer uma análise minuciosa e completa à saúde ocular com vista à deteção e acompanhamento do glaucoma.

Assim, disponibilizamos a toda a população um equipamento de OCT (Tomografia de Coerência Óptica) que nos permite fazer uma análise profunda da camada das fibras nervosas a nível do Nervo Óptico, a espessura desta, a avaliação do anel neuro-retiniano, assim como a medição da espessura da córnea e a abertura do ângulo irido-corneano. Com a medição da pressão intraocular e a avaliação dos campos visuais, já disponível, a Realvisão dispõe de um Serviço completo de Cuidados à sua Visão e Saúde Ocular no que à deteção e seguimento do glaucoma diz respeito.

Se tem familiares com glaucoma, se já passou dos 40 anos e nunca fez uma análise à sua retina ou nunca mediu a sua pressão intraocular, ou se já lhe foi diagnosticada a doença e necessita de um seguimento rigoroso, não hesite em nos contactar. Dispomos de consultas de segunda a sábado para melhor responder às suas necessidades.